Um paciente de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, morreu depois de ser infectado com variante brasileira do coronavírus. A informação foi confirmada pelos secretários de Saúde do estado, Carlos Alberto Chaves, e do município, Daniel Soranz.

Ao todo, quatro pessoas foram internadas com a nova cepa do vírus, identificada inicialmente em Manaus. Além disso, uma mulher foi detectada a variante do Reino Unido no Rio de Janeiro.

Ainda não há informação se a transmissão da nova cepa brasileira ocorreu no Rio de Janeiro, o que confirmaria a circulação interna do vírus. As circunstâncias da contaminação estão sendo investigadas e a secretaria de estado de Saúde espera ter uma resposta até o fim da semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário!
Por favor, informe seu nome